Como Queimar Calorias


Você acha que está um pouco acima do peso e quer emagrecer? Pode não ser tão fácil quanto parece, mas também não é tão difícil. Para início de conversa, seu metabolismo conta muito.

E o que é metabolismo? Simplificando, dá para dizer que metabolismo é como o seu organismo gerencia os nutrientes recebidos na alimentação. Dependendo do metabolismo, tem gente que gasta os nutrientes e queima gordura mais rapidamente, como tem gente que os retém por mais tempo. É por isso que alguns comem de tudo e não engordam, enquanto outros vivem de dieta e não conseguem emagrecer.

E se você é um dos que querem emagrecer, nada melhor para começar do que queimar calorias, muitas delas.


Como queimar calorias. Perder barriga. Emagrecer. Dieta para perder calorias


E como queimar calorias? Simples. Qualquer esforço que você faça, por mínimo que seja, já ajuda. Sorrir, levantar o pé, mexer um dedo. Mas, é claro, essas ações queimam pouquíssimas calorias. Passar o dia inteiro sorrindo não vai fazer com que você fique magro. :D
Por isso, aí vai uma lista de práticas simples para que você comece a queimar calorias hoje mesmo, sem mudar muito a sua rotina:

1. Use as escadas. Evite elevadores e escadas rolantes;

2. Estacione longe do lugar onde deseja ir, de modo que você tenha que caminhar mais;

3. Fique de pé e deixe alguém sentar no seu lugar no ônibus ou metrô. Você também ganha alguns pontos extrasno quesito educação fazendo isso;

4. Se possível, vá de bicicleta para o trabalho;

5. Frequente a academia duas vezes por semana, no mínimo;

6. Caminhe com seu cachorro ao invés de apenas soltá-lo no pátio;

7. Caminhe no mesmo lugar, faça alguns levantamentos de pernas, alongamentos ou abdominais enquanto assiste TV.


Enfim, o caminho para queimar muitas calorias é mexer-se mais. Dificuldade zero, basta largar o sedentarismo.

Reeducação Alimentar para Emagrecer


Reeducação alimentar para perder peso


A reeducação alimentar é o fator primordial para tentar emagrecer. Há relatos de que, entre o antes e depois da reeducação alimentar, houve perdas de 50 quilos!!!

Muita gente tenta recorrer a dietas (como a dieta japonesa e produtos (como o victoza) milagrosos, mas nada disso adianta se a pessoa continuar a ter hábitos alimentares nocivos à sua saúde e boa forma.

Para ter sucesso na sua reeducação alimentar é fundamental ter força de vontade. Afinal, não é fácil mudar toda a sua forma de se alimentar de uma hora para outra.

Tendo a força de vontade, basta seguir esse cardápio de reeducação alimentar:

Café da manhã

. Na verdade, não se trata de um café da manhã;
. Ao acordar, beba 1 copo de água morna com suco de 1 limão;
. Após 20 minutos, ingira o suco verde;

Lanche da manhã (uma hora depois do suco)

. coma uma fruta (melão, abacaxi, meio mamão papaia) ou um iogurte natural com granola.

Almoço (três horas depois do lanche)

. Estabeleça limites
. Coma à vontade: salada de folhas, tomates, brócolis, cenoura crua, aspargos, palmito, abobrinha e espinafre.
. Coma moderadamente: arroz (inclusive integral), quinua, leguminosas (grão de bico, lentilhas, feijão), raízes (inhame, cenoura cozida, batata doce ou batata).
. Evite: o hábito de colocar no mesmo prato as proteínas animais (carnes, vermelha, frango e peixe) junto com carboidratos ou amidos (massas, pão, arroz e raízes).

Variações


Além de variar as folhas e legumes do cardápio, você também pode variar o complemento da salada, acrescentando uma colher de sementes (girassol, abóbora, amêndoa, nozes, etc.). E ainda pode variar os molhos.


•••

Fonte: Saúde GNT

Edamame


Edamame é um alimento à base de grãos de soja ainda dentro da vagem, bastante consumido no Japão, Havaí, China e Coreia, e que agora vem se popularizando no Brasil.

As vagens são fervidas em água junto com condimentos (como sal e outros temperos) e servidas inteiras. O prato costuma ser encontrado em restaurantes japoneses e em alguns chineses, e é considerado um alimento bastante saudável.


edamame da felicidade. Benefícios do edamame


Preparo do edamame

Os grãos de soja das vagens são colhidos verdes, antes que amadureçam. As extremidades das vagens são cortadas antes de serem fervidas na água ou cozidas no vapor. O modo de preparo mais comum usa o sal, que pode tanto ser dissolvido na água antes das vagens serem introduzidas, quanto adicionado depois do cozimento. O edamame é servido normalmente depois de esfriar, porém também pode ser consumido ainda quente.

Outros condimentos comuns no preparo do edamame são o jiuzao (feito a partir dos resíduos altamente fermentados de grãos que sobram da destilação do vinho de arroz), utilizado para acrescentar fragrância e sabor, e a pimenta de Sichuan, para dar mais gosto.

Além de serem consumidos inteiros, os grãos do edamame podem ser servidos como um molho; sachês com tempero para molho de edamame são mais facilmente encontrados em mercados especializados em cozinha oriental.


Edamame - calorias e nutrientes

A porção de 100 gramas de edamame contém:

Valor energético - 110 calorias
Carboidratos totais - 12g
• Açúcares - 3 g
• Fibra dietética - 6 g
Gorduras - 6 g
Proteínas - 12 g
Vitaminas
• Tiamina (vit. B1) 0.2 mg (17% da quantidade de ingestão diária recomendada)
• Riboflavina (vit. B2) 0.3 mg (25%)
• Niacina (vit. B3) 1.1 mg (7%)
• Ácido pantotênico (B5) 0.6 mg (12%)
• Vitamina B6 0.2 mg (15%)
• Ácido fólico (vit. B9) 358 µg (90%)
• Vitamina C 11.4 mg (14%)
• Vitamina K 37 µg (35%)
Minerais
• Cálcio 71 mg (7%)
• Ferro 2.5 mg (19%)
• Magnésio 72 mg (20%)
• Manganês 1.2 mg (57%)
• Fósforo 190 mg (27%)
• Potássio 569 mg (12%)
• Zinco 1.6 mg (17%)

Como se pode observar, o edamame é riquíssimo em vitaminas e nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo.

Aliás, não só o edamame como todos os outros preparados de grãos de soja são ricos em carboidratos, proteínas, fibras, ácidos graxos Ômega-3 e micronutrientes, especialmente ácido fólico, manganês e vitamina K.

No entanto, como é de se supor, o consumo de edamame deve ser evitado por pessoas que tenham alergia à soja.


Benefícios do edamame

O edamame pode contribuir para estimular o metabolismo, dando mais disposição e ajudando a emagrecer. Já sua concentração de potássio ajuda a regular os níveis de sódio do organismo, prevenindo inchaços. Além disso, as vitaminas A e C contidas no alimento, agem juntamente com a vitamina B1 e o aminoácido metionina na decomposição do álcool da cerveja, protegendo o fígado e evitando a ressaca. Por conta desses benefícios, o edamame também é considerado um ótimo aperitivo, já que é muito mais saudável e menos calórico que aperitivos tradicionais, como a batata frita.

Os benefícios do edamame já estão tão difundidos que até Victoria Beckham (ex-Spice Girl e esposa de David Beckham) já disse que seguiu uma dieta à base de edamame, morangos e salada, para manter o corpo enxuto.


Edamame - onde comprar

O edamame pode ser encontrado nas grandes redes de supermercados e hipermercados, na seção de congelados. A marca em maior evidência atualmente é a Veggie, que apresenta o produto em pacotes de 300g, cujo valor médio é R$ 13,00.

Outra possibilidade é procurar o produto em mercados especializados em cozinha oriental. No tradicional bairro da Liberdade, em São Paulo, o edamame pode ser encontrado por R$ 5,00.


Receitas com edamame

Edamame instantâneo

O preparo do edamame congelado (como o da marca Veggie) é semelhante ao do macarrão instantâneo. Basta abrir o pacote e despeja o conteúdo em uma panela com água fervendo, cozinhar por cerca de 3 minutos, escorrer e passar ao prato de servir, polvilhar com flor de sal e está pronto.


Salada de edamame e quinoa

Esta salada de edamame e quinoa (ou quinua é super nutritiva e contém pouca gordura saturada. É uma boa opção de prato principal para refeições vegetarianas, mas também acompanha muito bem grelhados de frango, peixe ou tofu. Além disso, não contém glúten, embora seja recomendável verificar os ingredientes e temperos escolhidos.

Ingredientes:
1 xícara de quinua cruae lavada
2 xícaras de caldo de legumes
1/2 xícara de pimentão vermelho picado
2 tomates sem sementes picados
1 abobrinha pequena fatiada
1 copo de edamame descongelado
Raspas de 1 limão grande
3 colheres (sopa) de suco de limão
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1/4 xícara de salsa picada

Modo de preparo:

1. Frite a quinoa em uma frigideira média por 5 minutos.
2. Transfira a quinoa para uma panela grande, adicione o caldo de legumes e deixe ferver.
3. Cubra e e cozinhe por 15 minutos ou até que a água seja absorvida e a quinoa fique macia.
4. Retire do fogo e despeje em uma tigela.
5. Adicionar o pimentão, tomate, abobrinha e o edamame. Mexa bem.
6. Misture as raspas de limão, o suco de limão, o azeite e despeje sobre a mistura de quinoa. Misture bem. Polvilhe com salsa.

Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 6 porções


•••

(Com informações da Wikipedia, Daniela Meira e About.com)

Alimentos que Emagrecem


Alimentos que emagrecem? Ué, mas se comemos, a tendência seria engordar, não? Talvez, mas, como diria Shakespeare, existem muito mais coisas entre a boca e o estômago do que supõe nossa vã filosofia.

Interessado em conhecer alimentos que ajudam a emagrecer? Então confira o artigo a seguir!

Alimentos saudáveis e que ajudam a emagrecer. Dieta


Pode parecer estranho, mas vários alimentos são capazes de auxiliar no emagrecimento. Confira alguns desses alimentos e entenda o porquê na lista que preparamos:

água gelada: não chega a ser um alimento, mas ajuda a emagrecer. Isso porque a ingestão de alimentos gelados demanda que nosso organismo trabalhe mais, a fim de digerir o alimento e regular a temperatura do corpo. Por conta disso, a água gelada é considerada um alimento termogênico. A ingestão de 8 a 10 copos por dia pode queimar até 200 calorias. Mas não extrapole essa faixa, pois nada em excesso faz bem;

leite desnatado: por que não substituir o integral pelo desnatado? O sabor é (quase) o mesmo, mas, na luta contra a balança, vale o esforço;

chás: principalmente por conta de suas propriedades diuréticas, chás costumam ser um grande aliado no emagrecimento. O mais eficaz é o chá verde, mas existem outros chás para emagrecer;

pimenta vermelha: acelera o metabolismo e aumenta a temperatura corporal, fazendo com que mais calorias sejam queimadas durante a digestão;

vegetais variados: pepino, cenoura, couve-flor, cebola, beterraba, maçã, melancia e brócolis são vegetais que fazem com que o organismo queime mais calorias do que esses próprios alimentos fornecem;

sucos: há uma infinidades de sucos que emagrecem, justamente reunindo os vegetais que já citamos. Num post futuro, falaremos sobre eles. Mas você já pode ir tentando em casa :)

gengibre: esse vegtal também tem propriedades emagrecedoras. pode ser consumido cru, cozido, em formá de chá ou acompanhando os sucos;

alcachofra: também por conta de propriedades diuréticas, a alcachofra ajuda a emagrecer;

aveia: rica em fibras, esse cereal auxilia na digestão e, consequentemente, no emagrecimento;

vinagre: é capaz de passar a sensação de saciedade, inibindo a fome;

canela: algumas pitadas por dia controlam o nível de insulina no sangue, afastando a fome.


•••

A lista é extensa e vai muito além disso, mas com esse itens já dá pra começar a pensar no emagrecimento. Mas, como sempre fazemos questão de frisar, nenhum alimento tem, sozinho, a capacidade de realizar milagres pela saúde. Para uma dieta realmente funcionar, você deve prezar por alimentação balanceada e hábitos saudáveis. Para saber a melhor maneira de ministrar esses alimentos na sua dieta, consulte um especialista (médico, nutricionista etc.)


Leia mais: matéria do Fantástico (rede Globo) com dicas de emagrecimento

Semente de Chia - Emagrecimento


Continuando na onda dos produtos que auxiliam no emagrecimento, hoje falaremos da semente da chia, um alimento que já rendeu matéria no Jornal Hoje e, muito provavelmente, logo irá aparecer no Globo Repórter.

Quais são seus benefícios? Como consumir? Onde comprar? A resposta para essas e outras perguntas você confere no artigo a seguir!

O que é semente de chia


A Salvia hispanica, popularmente chamada de chia, é uma planta herbácea nativa da Guatemala e do México.

A semente de chia é comercializada integralmente, moída ou em forma de óleo, e é tida como rica fonte de minerais, aminoácidos essenciais e ômega 3. Seu potencial em prevenir doenças cardiovasculares, diabetes e até tumores - além de auxiliar na perda de peso -, é frequentemente enaltecido.

Composição da semente de chia

• Ácidos graxos Ômega 3 (entre seus inúmeros benefícios, destaca-se o fato de ser um nutriente fundamental para o bom funcionamento do cérebro e do coração)
• Fibras
• Cálcio
• Ferro
• Manganês
• Zinco
• Magnésio
• Potássio
• Proteínas
• Cobre
• Vitamina A
• Vitamina B
• Antioxidantes

Benefícios (propriedades) da semente de chia

Alega-se que a semente de chia proporciona os seguintes benefícios à saúde do homem:

- Sacia a fome, sendo, assim, muito eficaz em dietas de emagrecimento;
- limpa o corpo das toxinas no intestino;
- equilibra os níveis de açúcar no sangue (controle de glicemia), garantindo energia ao longo do dia e diminuindo o risco de diabetes tipo 2;
- ajuda a regular o trânsito intestinal;
- previne a inflamação de divertículos (diverticulite);
- ajuda a diminuir os níveis de colesterol e triglicerídios;
- é benéfica para desportistas, pois, por ser hidrofílica, mantém o corpo hidratado;
- ajuda formação óssea;
- prevenção do envelhecimento precoce;
- controla a ansiedade;
- melhoria na imunidade do organismo.

Como consumir semente de chia

A maneira mais comum é consumir semente de chia in natura (grãos), podendo ser pura ou misturada a frutas de sua preferência. O ideal é comer uma colher (sopa) da semente 30 minutos antes das refeições. Também é possível adicionar a chia às suas receitas.

Confira receitas com chia


No caso da farinha de semente de chia, o consumo mais adequado é a adição de uma colher (sopa) no preparo de iogurtes, vitaminas e saladas.

Já o óleo de semente de chia deve ser usado como tempero. Para tanto, acrescente uma colher (sopa) do alimento em saladas, independentemente da quantidade de folhas. Contudo, há uma ressalva neste caso: a versão líquida de chia não conta com os benefícios das fibras, encontradas exclusivamente na farinha e na versão em grãos.

Também recomenda-se que você procure um nutricionista de sua confiança, a fim de saber a melhor maneira de ministrar a chia na sua dieta.

Efeitos colaterais e contra-Indicações da semente de chia

Por ser um produto natural - um alimento, na verdade - a semente não apresenta quaisquer efeitos colaterais. No entanto, por se tratar de uma semente bastante calórica, é recomendável que seja consumida moderadamente, pois, em caso contrário, a semente de chia vai lhe engordar.

Marcas de semente de chia

Semente de chia in natura:
Giroil: R$ 20 (250 g)
Ser Leve: R$ 21,50 (250 g)
Cacalia : R$ 15* (200 g)

Óleo:
Óleo Extravirgem da Giroil: R$ 35* (260 ml)
Cacalia: R$ 70 (250 ml)

Farinha:
Ser Leve: R$ 21,60 (250 g)
Cacalia: R$ 17 (200 g)

Onde comprar semente de chia

A semente de chia é facilmente encontrada em lojas que vendem produtos naturais e suplementos alimentares.

Outra boa alternativa é procurar no Mercado Livre, o maior site de comércio pela internet do Brasil, clicando no link a seguir:

Comprar semente de chia no Mercado Livre


•••

Com informações do site M de Mulher

Receba por e-mail